O Glúten Faz Mal para a Saúde? Quais suas Consequências para o Organismo?

 O Glúten faz mal para a saúde?

Você já notou que todos os alimentos industrializados destacam nos ingredientes se aquele produto contém ou não glúten?

Você sabe o que é o glúten? Nada mais do que uma proteína que está presente no trigo, e por causa disso em todos os alimentos derivados do cereal, como massas, pães e alimentos ricos em carboidratos de alto índice glicêmico.

Embora a maioria das pessoas não tenha problema com o glúten, muitas outras possuem um problema de saúde chamado “intolerância ao glúten”, uma doença celíaca que impede a pessoa de comer alimentos que contenham essa proteína.

Os sintomas podem variar desde feridas que aparecem na pele até inflamações mais graves nas paredes do estômago, e que se não forem cuidadas podem se transformar em algo bem mais danoso ao corpo.

Porém, nem todo mundo está livre de não sofrer algum tipo de reação alérgica com o consumo do glúten. E isso está ligado ao fato de que o glúten é uma proteína relativamente grande, o que dificulta para que o corpo possa quebrar ela em pedaços menores. E, como consequência, uma quantidade maior de anticorpos é liberada.

 

Quais são as consequências que o glúten pode causar no organismo?

 

O consumo do glúten pode causar consequências desde as mais leves até as mais graves, como:

  • Prisão de ventre;
  • Diarreia;
  • Gases intestinais;
  • Pode ocasionar feridas em toda a pele;
  • Pode diminuir ou aumentar a fome;
  • Ajuda a pessoa a ganhar peso;
  • Pode causar algumas inflamações
  • Pode causar complicações como úlcera e gastrite;

Se os sintomas apresentados forem os mais leves, basta que a pessoa mude de alimentação e corte os alimentos que contenham glúten.

Para muitas pessoas, uma mudança na alimentação pode mudar rapidamente a situação e fazer os sintomas sumirem. Mas basta um pão para que os problemas voltem. Se isso acontecer, o recomendado é que a pessoa passe por uma reeducação alimentar para que não volte a comer certos grupos de alimentos.

Há também um problema relacionado ao colesterol ruim, o LDL. Algumas pessoas apresentam um aumento do LDL relacionado ao consumo do glúten. Se qualquer sintoma aparecer, se faz necessário medir o nível de colesterol com um médico.

Além disso, o consumo do glúten pode causar alguns outros problemas como dores de cabeça frequentes, dificuldade para que mulheres possam engravidar e até mesmo hipotireoidismo. E, claro, é um grande obstáculo para quem deseja emagrecer.

 

O que mais o glúten pode causar no organismo?

 

Além de todos os malefícios já citados, o glúten também pode alterar o funcionamento normal do sistema nervoso, o que pode causar um desequilíbrio hormonal e alterar algumas funções vitais no organismo.

Um dos hormônios mais afetados pelo consumo do glúten é a serotonina, um hormônio que causa uma sensação de bem estar no nosso corpo. E quando esse hormônio está em desequilíbrio, a melhor maneira de restabelecer as condições naturais é praticando exercícios físicos, que além de equilibrar novamente a serotonina ajuda a emagrecer de verdade e de modo saudável.

Está cada vez mais fácil encontrar produtos naturais nos mercados livres de glúten. Apesar de serem um pouco mais caros, vale à pena o investimento. Mesmo pessoas saudáveis correm alguns riscos, como não conseguir absorver algumas vitaminas e nutrientes por causa da influencia do glúten.

O ideal é sempre manter as refeições balanceadas e saudáveis para que você não precise se preocupar em excesso com o que está comendo!

 

Se você gostou do artigo de hoje, deixe a sua curtida abaixo e não se esqueça de compartilhar o conteúdo em suas redes sociais! Se curtiu, deixe o seu comentário abaixo e fique de olho para os nossos próximos artigos!

Quais são os Maiores Inimigos da Dieta? Você vai se Surpreender

Saiba quais são os maiores inimigos da dieta

Ao começar uma dieta de emagrecimento é preciso conhecer os alimentos que poderão fazer com que haja a redução do peso. Além disso, saber também quais são aqueles que podem engordar.

Há vários produtos ditos como emagrecedores que enganam muita gente. Porém, devemos manter distância desses “falsos amigos” para conquistar a silhueta fininha tão desejada.

Para fazer escolhas certas e perder peso com saúde, é essencial analisar e compreender a tabela nutricional. Quando vamos ao supermercado encontramos nas prateleiras diversas alternativas de produtos de alimentação.

O ideal é fazer a seleção dos mais saudáveis para não prejudicar a dieta. Para isso, basta ler na embalagem a quantidade de gordura, sódio e calorias que estão contidos naquele alimento. Veja alguns vilões da dieta:

Quais são os Maiores Inimigos da Dieta?

Granola

Quem gosta de comer granola com iogurte ou leite deve saber que cereais desse tipo podem conter um alto índice de gordura. Por isso, escolha sempre as opções light, que não contém açúcar.

Tenha atenção ao rótulo das embalagens para ter a garantia de que está comprando um produto com poucas calorias.

Gelatina

A gelatina não é a melhor opção para a dieta, pois é pouco saudável. Isso porque em sua composição há grandes quantidades de corante, aromatizante e outros aditivos químicos tóxicos que fazem mal à saúde.

Para não cair numa cilada e engordar comendo gelatina, procure aquelas sem sabor, pois contêm menos componentes nocivos à saúde.

Peito de peru

Tem pessoas que acreditam ser muito saudável comer no café da manhã pão com peito de peru.

Esse embutido, como tantos outros, a exemplo da mortadela, presunto e salame, geralmente concentram altos níveis de sódio e gordura. Mesmo as opções light não são recomendadas. Prefira sempre creme de ricota ou queijo cottage.

Shakes

Em função da maioria dos shakes serem produtos industrializados, a possibilidade de queimarem gordura é quase nula. Assim, não oferecem quantidades suficientes de nutrientes para o organismo.

A mastigação é fundamental para na alimentação, pois envia ma mensagem para o cérebro estimulando a sensação de saciedade. Beber apenas líquidos numa dieta causa sérios danos à saúde.

Adoçante

Em dietas de emagrecimento é aconselhável evitar o açúcar e aderir ao adoçante. Porém, escolha aqueles que não contêm aspartame em sua fórmula.

Outra recomendação é não usar esse produto de maneira exagerada porque pode fazer mal à saúde. O mais indicado é ingerir até 20 gotas de adoçante por dia.

Suco de caixinha

Beber líquidos para manter o corpo hidratado é essencial numa dieta de emagrecimento. Mas, os sucos de caixinha não são a melhor opção. Prefira sempre sucos de frutas naturais, feitos na hora.

A maior parte dos sucos de caixinha encontrados no supermercado tem pouca quantidade da polpa da fruta e muito mais açúcar, sódio e conservantes.

Biscoito de água e sal

Esse tipo de biscoito parece saudável, mas na verdade são pouco nutritivas e apresentam em sua fórmula um alto teor de sódio.

Comer 5 biscoitos de água e sal equivale a um pão francês. Os biscoitos integrais também não são indicadas, por isso a melhor opção é comer frutas com iogurte natural.

Faça uma dieta saudável

Deve-se ter em mente que a saúde vem em primeiro lugar, sendo que a dieta inadequada pode levar a problemas de saúde e um efeito rebote causando a recuperação dos quilos perdidos.

Portanto, deve-se procurar aconselhamento médico, caso haja o desejo de seguir um processo que se baseie na saúde.

É preciso levar em conta diversos fatores, tais como o metabolismo de cada indivíduo, fatores ambientais ou a rotina de exercícios a serem executados.

Não espere milagres

Como falamos, corra de qualquer dieta para perder peso que seja considerada milagrosa ou pareça insalubre.

Uma boa alternativa é fazer exercícios para perder barriga em casa.

Excluir um grupo de alimentos inteiro do nosso menu diário ou perder 5 quilos em uma semana, não são práticas benéficas para o corpo humano.

Não acredite que em poucas semanas você perca grande quantidade de peso, como 10 ou 20kg.

Portanto, é preferível aderir aquelas dietas de perda de peso que indicadas por um médico, dessa forma você elimina gordura com saúde, sem prejudicar seu organismo.

Como Perder Peso com Saúde: Descubra o que é Saudável Acrescentar no Cardápio

Saiba como perder peso com saúde  

Quem costuma realizar dietas sabe que essa não é uma tarefa fácil. Pessoas com excesso de peso devem manter a motivação para emagrecer, mas nem sempre conseguem.

Isso porque no meio do caminho bate o desânimo e a vontade de voltar aos hábitos alimentares antigos. Saiba que para perder peso com saúde é preciso se dedicar a uma dieta balanceada.

Não apenas pela autoestima ou estética, mas para preservar a saúde e levar uma vida com mais qualidade.

Quem é sedentário e tem o hábito de comer alimentos gordurosos e doces tem mais dificuldade em se adequar a uma alimentação saudável.  Para alcançar esse objetivo precisará de empenho e foco.

Veja algumas dicas que ajudará você a perder peso com saúde.

Descubra o que é saudável acrescentar no cardápio

Primeiramente descubra o que é saudável comer e o que não é. Consulte uma nutricionista para ajudar você a realizar uma dieta conforme o seu perfil.

Saiba que para perder peso com saúde terá que deixar de ingerir muitas coisas, mas vale a pena.  Esqueça os doces e as frituras, pois sempre prejudicam dias e dias de dieta.

Substitua todas as guloseimas por barras de cereais light, gelatinas ou frutas. Troque alimentos gordurosos, como a carne gorda por carne magra.

Também substitua produtos refinados pelos integrais, alimentos fritos por assados, farinha branca pela integral, refrigerantes por água ou suco natural.

Compre somente o que for consumir

Se sua casa estiver repleta de alimentos que engordam fica difícil resistir e seguir uma dieta rigorosa.  Compre o necessário para suprir mais de uma semana de dieta.

Evite frequentar supermercados. Se outras pessoas moram com você organize a dispensa e a geladeira para que os alimentos que engordam não fiquem a sua vista. Assim perderá peso de forma saudável.

Faça exames laboratoriais

Se estiver realizando dieta por um longo tempo sem acompanhamento médico deve procurar um nutricionista para avaliar a necessidade da realização de exames para medir os níveis de glicose, colesterol, triglicérides e ácido úrico.

Isso é imprescindível para que possa seguir com tranquilidade seu regime de emagrecimento. Não adianta emagrecer e perder a saúde.

Acrescente alimentos termogênicos nas refeições

Esse tipo de alimento auxilia na aceleração do metabolismo e na queima de gordura do organismo.

Alguns deles são: pimenta vermelha, cafeína, chá verde, canela, gengibre, chá de hibisco, óleo de coco, vinagre de maçã, alimentos que contenham ômega 3 (atum, oleaginosas e salmão) e água gelada.

Pratique exercícios físicos regularmente

Para emagrecer é essencial a realização de exercícios físicos, pois eles ajudam no emagrecimento e fortalecem a musculatura.

Você sabia que existem exercícios para fazer em casa que são fantásticos?

Além disso, diminui os riscos de contrair alguns males, como o diabetes, a hipertensão arterial e doenças cardiovasculares.

Escolha uma atividade que goste para sentir mais prazer em fazer exercícios. Convide um amigo para se exercitar com você, assim um motiva o outro.

Aprenda a comer da maneira certa

Antes do almoço, coma um prato de salada. Assim você estará “forrando” seu estômago e terá a sensação de saciedade. Coma lentamente para o cérebro assimilar que já está se alimentando e prefira não comer em frente à televisão ou computador.

Ajudará muito na digestão se você realizar caminhadas de 10 minutos ou mais após o almoço, pode escolher passear com seu cachorro neste horário.

Como Perder Peso com Saúde – Tenha motivação

Tire suas medidas periodicamente para verificar a alteração no volume do seu corpo; isso irá trazer uma grande motivação para seguir em frente. Você pode não ter peso perdido, mas cintura.

Lembre-se que, por vezes, não haverá nenhuma diferença na balança, mas não se desespere. Emagrecer é um processo gradativo.

Outra maneira de ganhar motivação é experimentar suas roupas para detectar diferenças de tamanho. Essa é uma técnica muito eficaz para seguir em frente com sua dieta.

É importante para você entender que mesmo motivada não pode relaxar e sair um pouco da dieta por ter conseguido emagrecer.

Você também pode imaginar-se em um futuro próximo, com seu peso ideal em situações que hoje evitaria, por causa de seu excesso de peso.